Normas regulamentadoras na construção civil: você sabe a sua importância?

Normas regulamentadoras na construção civil: você sabe a sua importância?

Em comparação a outros países, o número de vítimas de acidentes de trabalho no Brasil, é espantoso, tanto que a Organização Internacional do Trabalho (OIT) nos colocou em quarto lugar entre as nações que mais registram acidentes de trabalho fatais em todo o mundo.

Para que uma obra seja bem-sucedida, é preciso que a empresa atenda às Normas Regulamentadoras, que definem parâmetros nas práticas adotadas pelo setor, e tenha um responsável para acompanhá-las.

Mas, qual o impacto causado pelas normas regulamentadoras?

As Normas Regulamentadoras são regras estabelecidas pelo Ministério do Trabalho para diminuir o risco de acidentes e outras consequências durante o andamento da obra.

Grande parte delas são relacionadas ao setor da construção civil, sendo que algumas são voltadas exclusivamente para assegurar a integridade do trabalhador no canteiro de obras e evitar acidentes.

A construção civil é o setor que mais registra acidentes de trabalho fatais, portanto, atendê-las não apenas garante a idoneidade do projeto, como também, o bem-estar e segurança dos envolvidos.

Vale lembrar que as medidas estão sob pena de multa ou processos judiciais, em caso de descumprimento.

Dessa forma, ter conhecimento sobre as NRs relacionadas ao mercado da construção civil, é fundamental para entregar o empreendimento com maior qualidade, seguindo à risca as recomendações, métodos e parâmetros previstos na legislação brasileira.

Principais causas de acidentes na construção civil que você deve ficar atento

Causados na maioria das vezes, por falta de atenção e utilização inadequada de equipamentos, os acidentes de trabalho em canteiros de obra, são muito frequentes. Muitas vezes, a imprudência e o excesso de confiança, provocam prejuízos, que vão da simples perda de tempo, até a invalidez ou a morte de pessoas.

13 causas mais comuns de acidentes em canteiros de obras:

Não usar EPIs

2.     Equipamentos obsoletos

3.     Falta de atenção dos profissionais

4.     Falta de fiscalização

5.     Falta de organização

6.     Queda de materiais

7.     Queda de nível

8.     Choques elétricos:

9.     Falta de sinalização

10.    Falta de conhecimento

11.   Má disposição de objetos no espaço da obra

12.   Utilização incorreta de equipamentos

13.   Tombos e escorregões

Os objetivos das Normas Regulamentadoras que talvez você não conheça

  • Conservar a segurança, a saúde e a integridade dos trabalhadores no decorrer da obra;
  • Parametrizar procedimentos;
  • Incentivar a implantação de políticas de segurança e saúde no trabalho, dentro das empresas;
  • Traçar estratégias para a prevenção de acidentes de trabalho;
  • Evitar que seja atribuído ao trabalhador atividades que o exponha a condições precárias, pondo em risco sua integridade física;
  • Formalizar uma legislação de proteção à segurança e medicina do trabalho.

Principais Normas Regulamentadoras na Construção Civil

Definidoras de parâmetros nas práticas adotadas pelo setor, vamos conhecer a importância de algumas NRs:

NR 4 – Promover a saúde e proteger a integridade do trabalhador no local de trabalho.

NR 5 – Tornar obrigatória a constituição da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA) a empresas que tenham a partir de 20 empregados.

NR 6 – Fornecer Equipamento de Proteção Individual (EPI) adequados aos riscos vivenciados pelo trabalhador durante sua jornada.

NR 7 – Elaborar e aplicar um Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional (PCMSO).

NR 8 – Estabelecer os requisitos técnicos mínimos que devem estar presentes nas edificações, visando garantir a segurança e o conforto dos trabalhadores da construção.

NR 12 – Garantir que máquinas e equipamentos de construção civil possam ser utilizados pelo trabalhador de maneira segura, prevenindo acidentes e doenças do trabalho por meio de medidas de proteção e de referências técnicas.

NR 18 – Definir diretrizes de ordem administrativa, de planejamento e de organização para a implementação e controle de sistemas de segurança.

NR 35 – Determinar os requisitos para segurança de atividades executadas acima de dois metros do nível do solo, onde há risco de queda.

Ter acesso às Normas Regulamentadoras e entender sua aplicabilidade, é fundamental para estar em dia com os padrões exigidos, pois assim, além de evitar multas, você poderá conquistar selos de qualidade que valorizam seus empreendimentos.

Portanto, conheça as NRs da construção civil e otimize o tempo de trabalho e padronize os processos entre as diferentes etapas da construção, favorecendo sua entrega dentro dos prazos estipulados.

Curtiu o post? Deixe seu comentário e compartilhe-o entre seus colegas e amigos.

Compartilhar este post

Fique por dentro das nossas novidades. Assine nossa newsletter.