5 dicas para um bom controle de estoque

5 dicas para um bom controle de estoque

Empresas que trabalham com estoques conhecem bem o desafio que é este grande quebra-cabeças. É preciso um encaixe perfeito e equilibrado entre compras, armazenagem e entregas. Além disso, um rígido controle de entradas e consumo de materiais é fundamental para uma gestão eficaz.

Ainda assim, se não estiver sob controle atento, o estoque estará sujeito a perdas e avarias. Falhas no controle de fluxo, falta de planejamento na organização, sem levar em conta agilidade de acesso e de transporte, podem comprometer seriamente o desempenho da empresa.

Contudo, há diversas ferramentas e metodologias que podem ajudar a minimizar estes problemas. Conheça agora 5 dicas que vão ajudar a ter um controle de estoque muito mais eficiente:

 

1. Automatize o controle de estoque

Não há como falar de agilidade, controle e eficiência hoje em dia sem falar em tecnologia, certo? Então lance mão dos diversos recursos disponíveis para ajudar nessa missão. Curva ABC, Giro de Estoque, PEPS são ferramentas essenciais, que ganharam aliados poderosos com sistemas de automação.

O uso de softwares de gestão apresenta diversas vantagens:

  • Integração das áreas da empresa, possibilitando uma visão global do desempenho;
  • Eficiência na gestão de inventários, diminuindo erros e tempo dedicado à tarefa;
  • Produção de dados em tempo real e direto da fonte;
  • Proporciona insumos para tomadas de decisão;
  • Maior escalabilidade;
  • Diminuição de custos, otimização das operações, ganho de tempo e diminuição de retrabalho.

 

2. Planeje o layout da área 

A disposição do espaço físico deve ser pensada com todo cuidado. Ela deve proporcionar não somente um acondicionamento correto mas, sobretudo, favorecer o fluxo dos produtos.

A organização correta do espaço possibilita reduzir o transporte e a quantidade de movimentação de materiais, uma medida que previne quebras e avarias. 

Esta medida também contribui para que haja um fluxo contínuo no trabalho da equipe.

 

3. Tenha à mão os equipamentos certos

Estoques são consideradas áreas “vivas” da empresa por estarem em constante movimentação. Ordem, cautela e agilidade devem funcionar em perfeita harmonia.

Por isso, além de pensar no layout do espaço e na automação de processos, contar com os equipamentos certos é de suma importância no controle de estoque.

Os constantes transportes internos ou externos, içamentos, elevações, transferências, reposicionamentos e diversos tipos de movimentações requerem equipamentos adequados. 

Portanto, ao pesquisar os tipos de equipamentos, entenda quais vão atender a necessidades específicas. 

Sejam empilhadeiras, paleteiras, rebocadores ou selecionadoras, é importante levar em conta o tamanho (de acordo com a área na qual ele vai se deslocar), robustez, tipo de fonte de energia e se a operação será manual ou elétrica.

 

4. Observe a sazonalidade da demanda

Dependendo do tipo de estoque, épocas do ano ou períodos específicos podem influenciar na disposição de estoque.

Por exemplo: é certo que no verão haverá aumento nas vendas de ventiladores e aparelhos de ar condicionado. É importante observar as variáveis que podem gerar a necessidade de reordenação, para atender a todo tipo de demanda de forma eficaz.

 

5. Examine os indicadores de desempenho

Um bom controle de estoque pode oferecer dados imprescindíveis sobre performance da empresa. Por isso os indicadores de desempenho têm papel tão importante. 

Dados confiáveis sobre o inventário, percentual de estoque disponível para a venda, nível médio dos estoques, cálculo de aproveitamento da área física de estocagem são algumas das informações que podem determinar novas ações ou consolidar processos que vêm tendo sucesso.

 

Orquestrar com eficiência um controle de estoques não é tarefa fácil. Felizmente, há diversos meios de minimizar as adversidades. Pesquisar o que há de novo no mercado e estar sempre atento às inovações e equipamentos garantem bom desempenho, redução de custos e direcionamento correto de recursos.

 

Quais são os maiores desafios da gestão de estoques da sua empresa? Conte pra gente nos comentários!

Compartilhar este post

Fique por dentro das nossas novidades. Assine nossa newsletter.